Desenvolvido por Vivian Sardi
Parvovirose
Doença de cães séria e altamente contagiosa, causada pela parvovirus Canino, que tem um curto período de incubação.
É uma doença relativamente nova, só se generalizou apartir de 1978, quando houve uma epidemia simultânea na Grã-Bretanha, Estados unidos e Austrália. Provocada por vírus, essa moléstia que ataca os cães e assemelhada a Panleucopenia dos Gatos, que também é causada por um Parvovirus.

Manifestação:

Os sintomas mais comuns são:

- Vómito, diarreia e desidratação são os sintomas do modo gastrointestinal, que tem como sintoma principal fezes sanguinolentas.

- De morte súbita quando tivermos o modo cardíaco, com depressão e disfunção respiratória.

Na maioria dos casos, os sinais principais são enterite grave ( inflamação do intestino) com diarreia hemorrágica; vómitos agudos, de líquidos que tenha ingerido; depressão grave, Febre alta.

A menos que seja tratada prontamente, a doença pode ser fatal, levando a morte.

Diagnóstico:

Deve ser feito por um médico veterinário de sua confiança, pois só ele está preparado para distinguir se o seu cão esta com parvovirose ou com outra gastroenterite que pode ser de origem verminótica, tóxica, de fundo emocional, etc.
O quadro de sintomas dos distúrbios aqui citados, são idênticos, podendo para um leigo causar confusão.
portanto se seu animal apresentar os sintomas citados acima, não perca tempo tentando achar uma causa, procure seu veterinário o mais rápido possível, para que ele possa te ajudar logo no inicio, já que nas gastroenterites, tempo conta muito para o sucesso do tratamento.
tratamento.

O mais seguro aqui é como sempre a prevenção atravez da vacinação. Aconselha se começar a vacina desde filhotinho, com 45 dias de vida, quando tomará a primeira dose da V-8 ou V-10. ( prefira sempre vacina importada, pois o controle de qualidade é mais confiável, se informe com seu veterinário)
O tratamento é sintomático. Essa doença normalmente se apresenta de forma aguda, requerendo um tratamento especializado e intensivo, sendo necessário a internação para fluido terapia (soro) e aplicação de medicamentos necessários por via injetável, já que o intestino fica com a mucosa danificada impossibilitando a absorção confiável do mesmo; e pelos constantes vómitos.

Dentre esses medicamentos faz se necessário uso de antibióticos convenientes com o caso, para se evitar uma infecção bacteriana secundária, o que ocorre com frequência; além do uso de polivitaminicos, anti eméticos (vómito) e anti diarreicos. sempre sob a supervisão de um médico veterinário.
Lembre-se vacinar é mais barato e mais seguro Também.


fonte: http://cesarveterinario.blogspot.com.br/2010/05/parvovirose.html